Komentoj pri Pandunia

Pandunia estas tre simpla kaj agrabla artefarita lingvo, kiu al mi plej plaĉas. Oni komentis pri ĝi tiel naive en la retejo Esperanta Radio, ke mi decidis verki kontraŭkomentojn, kiuj estas la jenaj: Ni ĉiuj naskiĝis en mondo, kie esperanto regas inter la artefaritaj lingvoj. Ni ĉiuj, inkluzive la aŭtoro de Pandunia, estas esperantistoj. Ni…

Continue lendo

Classificando conlínguas – Uma proposta de nomenclatura

As conlínguas – línguas construídas – estão aí há séculos, mas ainda há pouco de definitivo sobre elas. Apesar de a interlinguística ser um ramo da linguística bem estabelecido, muitos de seus praticantes se esquecem que a construção de línguas é também um fenômeno popular que se desenvolve à margem das considerações estritamente científicas dos…

Continue lendo

Esperanto sen fleksio

Mime al Latino sine Flexione, Esperanto sen Fleksio estas ne reformo, sed dialekto de esperanto proponita de Richard K. Harrison en tiu ĉi retejo. La ĝenerala ideo estas forigi de esperanto ĉiujn fleksiojn, kiel akuzativon, pluraron, ktp. Ankaŭ la verbaj finaĵoj suferas grandegan malgrandigon, laŭ la ĉi-subaj reguloj, kiujn mi prenis de lia retejo: alfabeto…

Continue lendo

Kio estas etnomatematiko?

Ekde la komenco de la 1970-a jardeko, antropologoj kaj matematikistoj kune kreis novan terminon por “la matematiko kreita de necivilizitaj kulturoj”: etnomatematikon. Sed tiu tiam racisma kaj eŭrocentra termino evolvis al pli interesa kaj malpli antaŭjuĝa koncepto, kaj alportis al la tuta fako de matematika edukado grandan ŝanĝon. Ni provos skizi ĉi tie kio estas…

Continue lendo

Conteúdos e ideologias

A educação matemática nas escolas onde impera o ensino tradicional se apresenta como uma imensa coleção de conteúdos, dos quais cabe, aos estudantes, a simples memorização. Por que são tantos, por que são quais são e por que nos parecem tão afastados da mais corriqueira realidade são apenas algumas das muitas questões que procuraremos responder….

Continue lendo

A classificação a priori e a posteriori das conlínguas

Na tentativa de domar a multidão de conlínguas que surgiam, os linguistas criaram a clássica distinção entre conlíngua a priori e conlíngua a posteriori. Como muitas outras, esta é uma classificação que não tem fronteiras bem definidas, além de não ser devidamente utilizada. Mas o que significam esses termos? Uma conlíngua a posteriori é baseada…

Continue lendo

OQEEM

OQEEM – O Que É Educação Matemática é uma śerie de postagens nas quais discuto filosofia da educação matemática. A intenção, como o nome indica, é chegar a algum porto seguro nesse mar revolto da filosofia que trata das relações entre matemática e educação. Bem antiga, ainda que não com esse nome, a prática do…

Continue lendo

Centralidade do esperanto

Não é novidade que, até a presente data, o esperanto seja a principal e mais bem conhecida conlíngua. Sua centralidade na interlinguística é historicamente abalizada. Amadores e profissionais do ramo não podem prescindir de conhecer suas principais características. Para nossas pesquisas, é conveniente adotar o esperanto como termo de comparação para outras conlínguas, colocá-lo no centro,…

Continue lendo

Conceitos de conlínguas

Quais são os conceitos que as línguas empregam para lidar com o real? Essa pergunta, de raízes ancestrais, tem chamado minha atenção por ser bastante geral e suficientemente profunda para dar início a uma reflexão série acerca da criação de línguas planejadas. A ideia é questionar tudo, desde perguntas que partem de conceitos gramaticais tradicionais…

Continue lendo

Xadrez Canibal

Já está quase impossível vencer meu filho Henrique no xadrez (ele só tem 13 anos). Além de muito bom jogador, ele me levou a reconhecer, de forma singularmente dolorosa, que é melhor eu pendurar meus peões do que insistir num jogo que só tem me oferecido derrota e humilhação. O esculacho diário é amplificado pelo…

Continue lendo